Implantação do Cadastro Único nacional digital



Cadastro Único totalmente digital para facilitar e evitar fraudes.

A pandemia de coronavírus vem causando uma série de problemas para diversos setores da sociedade, tornando diversos órgãos públicos inoperantes uma vez que não foi mais possível realizar atendimentos presenciais em função da alta taxa de transmissão do vírus.

Com o fechamento de órgãos como o INSS e Cras, diversas famílias acabaram ficando sem a possibilidade de realizar inscrição para participar de programas como o Bolsa Família, Carteira do Idoso, Programa Tarifa Social de Energia Elétrica, Programa Minha Casa Minha Vida, por exemplo.



O Cadastro Único é uma ferramenta muito importante para que o governo federal possa identificar as famílias mais vulneráveis economicamente, concedendo a elas benefícios que as ajudem a superar as dificuldades. Por isso, é fundamental que as famílias necessitadas consigam se inscrever no CadÚnico a fim de serem contempladas com os programas oferecidos pelo governo.

Pensando nisso, a senadora Elizane Gama, do partido Cidadania-MA, apresentou a sugestão de implantar um cadastro único totalmente digital, que se utilizaria dos aparatos tecnológicos para funcionar de forma sistematizada e mais segura, para evitar fraudes. Gama lembrou que mais de 46 milhões de brasileiros em situação de vulnerabilidade, não estão cadastrados no sistema do Cadastro Único atualmente. Dentre estas pessoas, muitas estão com problemas no CPF, inclusive, o que acaba dificultando ainda mais o acesso aos programas do governo.



A senadora lembra que um cadastro único nacional agilizaria o processo de mapeamento das famílias que mais necessitam de auxílios, principalmente em momentos de calamidade como o que vivemos agora. Para facilitar esse processo, Gama pontua que é fundamental e urgente organizar um banco de dados único que possa relacionar todas as informações relacionadas aos brasileiros, seja com relação aos dados eleitorais, de emprego e renda, entre outros.

Quem pode se inscrever no CadÚnico?

O site do governo federal informa que podem se inscrever no CadÚnico as famílias ou pessoas que moram sozinhas e:

  • a soma do salário de todos os membros da família dividido pelo mesmo número de membros for inferior ou igual à R$ 522,50;
  • a soma dos salários de todos os membros da família for menor ou igual à R$ 3.135,00;
  • pessoas em situação de rua;
  • caso você não se encaixe em nenhum desses critérios mas precise mesmo assim fazer seu cadastro para receber algum serviço que exija o CadÚnico, pode também realizar sua inscrição.

Você sabe se está inscrito ou inscrita no Cadastro Único?

A fim de verificar se você já possui cadastro ou se o seu cadastro está ativo no banco de dados do governo, elencamos a seguir algumas opções:

Aplicativo “Meu CadÚnico”: esse app encontra-se disponível para download tanto no Google Play quanto na Apple Store. Basta baixar o aplicativo, instalar e inserir os seguintes dados: seu nome completo, sua data de nascimento, nome completo da sua mãe, o estado onde você mora e pronto, já é possível acessar e conferir seu cadastro.

Telefone “CadÚnico”: você também pode consultar o seu cadastro ou conferir a validade dele através do número de telefone 0800 707 2003. Por meio dele, é possível também tirar possíveis dúvidas sobre o próprio programa e outros programas assistenciais do governo. No entanto, é importante que você lembre que a ligação é gratuita somente quando realizada por um telefone fixo.

Site “Meu CadÚnico”: neste site, também é possível consultar o seu cadastro. Basta acessar o site por meio deste link, inserir as seguintes informações: nome completo, sua data de nascimento, nome completo da sua mãe, estado e município onde você reside, confirmar que você não é um robô clicando no CAPTCHA, e clicar por último em “Emitir Certidão”. Através deste site é possível também conseguir sua certidão que comprova sua inscrição no Cadastro Único, e pode ser usado como comprovante quando solicitado.

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *